É preciso coragem para refazer a cidadania, sem medo de errar e recomeçar

A cidadania deve tanto valorizar a melhor análise das circunstâncias como seus próprios desejos, valores e princípios éticos, imaginários mobilizadores para construir um futuro possível deferente